Como a relação entre professor e aluno impacta na aprendizagem?

Por Vanessa Lacerda Couras (Fisioterapeuta)

Uma das profissões que mais merece respeito e reconhecimento é a do professor. No entanto, a relação entre professor e aluno pode ser afetada por alguns fatores como: superlotação nas salas de aula, situações de desrespeito para com o docente e ausência de infraestrutura adequada.

A sobrecarga enfrentada por muitos educadores no Brasil é uma triste realidade. É comum salas que ultrapassam o número máximo de alunos. Embora haja o empenho em ensinar, o aprendizado fica comprometido, gerando inclusive estresse e desânimo em ambas as partes.

Sob essa conjuntura, é válido lembrar que o ensino é potencializado quando há uma infraestrutura adequada, bem como material didático suficiente para todos os alunos, o que infelizmente não é vivenciado pela maior parte do ensino público no país.

Ademais, situações de violência verbal e física contra os educadores é algo preocupante, haja vista que tem se tornado uma prática cada vez mais comum, gerando traumas psicológicos e até ocasionando afastamento ocupacional.

Dessa forma, é indispensável que o Ministério da Educação direcione verbas suficientes para a construção de mais instituições escolares, promova reformas, compra de materiais didáticos, realize contratação de mais educadores, além de psicólogos, com o objetivo de melhorar as condições de ensino e as relações interpessoais entre alunos e professores.

Outrossim, é essencial que as instituições escolares promovam encontros periódicos com os familiares, para incentivar a orientarem seus filhos a agir com respeito e empatia com os professores e colegas. A promoção de gincanas e debates nas salas de aula são outros métodos que devem ser explorados, buscando estimular a boa convivência escolar.

*Texto produzido na Oficina de Redação do Professor José Roberto Duarte