A medicina está entre as carreiras da área de saúde que mais exercem fascínio sobre os jovens. Entretanto, antes de chegar à fase universitária, o debate sobre as competências necessárias para o sucesso na carreira é pouco explorado e insuficiente para balizar os estudantes.

Como resultado desta dinâmica, poucos proponentes ao curso de medicina sabem que fluência em tecnologia, economia e gestão são instrumentos para desenvolver algumas das novas competências que o mundo profissional exige e que contribuem para o profissional obter êxito na sua trajetória. A Olimpíada de Medicina, organizada pelo Instituto Vertere, é uma oportunidade de vivenciar a experiência do aprendizado de forma mais prática, além de conectar os alunos com temas e conhecimentos relacionados à área médica e que não são trabalhados em outros contextos.

A inscrições já estão abertas, são gratuitas e devem ser feitas pelos próprios interessados, através do site www.olimpiadademedicina.org até o dia 06 de junho. A Olimpíada destina-se a alunos do 8º e 9º ano Ensino Fundamental II, do ensino médio e de cursos pré-vestibulares (Categoria Regular). Os demais interessados que não se enquadrem em nenhuma das opções anteriores também podem participar. É possível se inscrever na Categoria Júnior ou Sênior (de acordo com a série) e Regular ou Livre (estudantes ou aberto ao público em geral).

A primeira fase já está aberta e fica disponível ate o dia 06/06 às 23h59, com questões que abordam desde disciplinas clássicas que fundamentam a carreira médica até conteúdos contemporâneos relevantes para a área médica.

Neste ano, por meio de uma parceria com a Universidad Nacional del Este, a Vitalis terá duas edições: uma no Brasil e outra no Paraguai, que se juntarão para uma final internacional imperdível.

Os alunos vencedores da Vitalis serão convidados a participar da fase de grupos da Sapientia, uma Olimpíada também promovida pelo Instituto Vertere. A Sapientia é voltada ao desenvolvimento de soluções práticas e exequíveis para problemas reais fundamentados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que incluem temas relacionados à saúde e ao bem estar humano.

Sobre a Vitalis
Vitalis é a primeira Olimpíada Brasileira de Medicina. Sua equipe conta com médicos, professores de biologia e acadêmicos de medicina e de psicologia, que participam de forma voluntária do desenvolvimento da competição, a fim de proporcionar aos estudantes do Ensino Fundamental II e pré-vestibulandos a oportunidade de conhecerem a carreira médica, testá-la e aprimorar conhecimentos. Vitalis é organizada pelo Instituto Vertere. Site: https://olimpiadademedicina.org/

Instituto Vertere
O Instituto Vertere é uma entidade com mais de 20 anos de experiência no acesso a olimpíadas do conhecimento, e sua equipe é responsável pela criação e execução das principais provas olímpicas do Brasil, como a Olimpíada Brasileira de Linguística (OBL) em 2017, Olimpíada Brasileira de Economia (OBECON) em 2018, entre outras como Astronomia, Biologia, Economia, Física, Linguística e Medicina. O Instituto também investe em tecnologias que propõem democratizar o acesso às olimpíadas e ajudar os alunos na preparação para provas nacionais e internacionais. Site: https://institutovertere.org/

Por Leonardo da Costa Meireles