Um dos assuntos mais comentados essa semana foi a prisão de um homem que furtou massa de pastel e salgados para alimentar a mulher e o filho famintos. Após constatarem que o homem agiu em desespero, policiais civis não só o libertaram como também lhe ofereceram uma cesta básica. Gesto sublime dos policiais não só no cumprimento da lei mas também pela atitude humana e solidária.

A culpa é do estado
Quando um indivíduo não tem emprego e/ou renda que possam lhe dar condição de comprar alimento para si e sua família, quem comete crime é o estado que não lhe oportuniza condições mínimas de sobrevivência e dignidade. Alimento, emprego, renda, moradia, saúde, segurança, educação são bens fundamentais para a conquista da cidadania. Os governos devem se esforçar mais para efetivar tais direitos a fim de promover a justiça e a igualdade e evitar que a pessoa opte pela degradação moral e constrangedora de pedir e pior ainda roubar para suprir suas necessidades.