Para preparar o candidato para uma Redação nota mil, os professores Eliane Campos e Rodrigo Peixoto debatem o tema “Como combater o preconceito linguístico no Brasil”. Eles refletem sobre as origens desse tipo de discriminação no nosso país e apontam possíveis caminhos para amenizá-lo. Fonte: TV Escola

O preconceito linguístico deveria ser crime
por Marta Scherre
Basta ser homem, estar em sociedade e estar rodeado de pessoas falantes que a língua - este sistema de comunicação inigualável - emerge. Ela se instaura e toma conta de todos nós, de nossos pensamentos, de nossos desejos e de nossas ações. Falar faz parte do nosso cotidiano, de nossa vida. A troca por meio das formas linguísticas é a nossa dádiva maior, nossa característica básica. É por meio de uma língua que o ser humano se individualiza, em um movimento contínuo de busca de identidade e de distinção. É isso, enfim, que nos torna humanos e nos diferencia de todos os outros animais.

Publicado em Redação

Calendário

« Outubro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…