Sexta, 09 Novembro 2018 22:51

Enem 2018: Em Iguatu, 3.869 candidatos se inscreveram para o exame Destaque

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

 Por Wandenberg Belém

O Exame Nacional do Ensino Médio - Enem realizado nos dias 04 e 11. No Ceará, de acordo com lista divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep, ao todo, 119 municípios cearenses serão sede dos locais das provas. No Enem deste ano, 5.513.684 inscrições foram efetuadas em todo o Brasil, sendo 328.592 delas por candidatos no Ceará. As cidades com maior número de inscritos aqui no estado são: Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Quixadá, Maranguape e Iguatu com 3.869 candidatos inscritos.
De acordo com a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação, Crede 16, 2.417 alunos inscritos integram a rede estadual de ensino de 17 escolas em sete municípios da região Centro-Sul. Esse número corresponde a 98,6% do total de matriculados que é de 2.451 da 3ª série do ensino médio.
Neste município são nove os locais de prova: as escolas Lucas Emmanuel, Amélia Figueiredo de Lavor, Adauto Bezerra, Filgueiras Lima, CEJA; Liceu, Campus Humberto Teixeira, e IFCE, campus Cajazeiras e Areias.
Até sexta-feira, 02, candidatos participaram da maratona de estudos, de aulas, simulados e do II Grande Encontro de Redação, que aconteceu no auditório da CDL.

Revisão

Segundo os alunos, vale muito seguir as orientações repassadas pelos professores, principalmente a redação temida por muitos.
Na sala de aula de uma escola da rede particular de ensino a atenção da turma nesta última semana foi voltada para as explicações dos professores, principalmente para a disciplina de Redação. “Depois de um ano inteiro de preparação para o Enem, as aulas de revisão são importantes e ajudam muito a gente a rever tudo o que foi estudado, principalmente nesta reta final de preparação para encarar a maratona de dois domingos seguidos de provas”, comentou o estudante Rodrigo Ferino, 18, que vai prestar o exame pela terceira vez. Ele vai tentar uma vaga no curso de Direito. “As duas primeiras vezes que fiz foi por experiência. Mas agora é pra valer. Até porque vamos enfrentar um dos cursos mais concorridos da região”, disse.
O jovem Guilherme Suassuna está no 3º ano do ensino médio e se preparou para concorrer a uma vaga no curso de Medicina. Para o estudante, toda dedicação e busca de conhecimento é válida diante de uma das provas consideradas a mais difíceis do Enem: a Redação. “As aulas específicas ajudam muito. Comecei com nota baixa. 380, hoje já tiro nota acima de 880, 920 pontos. A gente passou a toda semana fazendo revisões, fazendo de tudo para obter a aprovação”, disse.

Reta final
De acordo com professor José Roberto Duarte, a prova de Redação exige do participante estar antenado nos assuntos discutidos na atualidade, pois é importante para que consiga desenvolver bem o tema exigido pela prova.
A estudante Aimê Alves, 17, que cursar Medicina. Ela vem se preparando há dois anos. Confiante, disse não ter medo da redação. “Pra mim, é um prova tranquila, porque a gente tem uma boa preparação na escola. E também os professores oferecem cursos extras e isso nos ajuda muito. Eu sigo um roteiro de estudos, além do que aprendo na escola, estudo em casa. E redação a gente pratica muito. Nessa reta final fora as da escola, estava fazendo uma redação por semana”, disse.
Ainda de acordo ainda com o professor José Roberto, nesta reta final, agora é relaxar. “A redação no Enem é a maior nota da prova. Os estudantes que tiram zero ficam fora de programas como o Fies e Prouni, que usam a nota do exame para classificar candidatos a uma vaga em universidades privadas no Brasil. “Agora é hora de ficar atento às exigências, como hora de chegada, início e término da prova, hidratar-se, vestir roupas leves, levar cartão de identificação, documento e não se atrasar para não virar ‘meme’ dos atrasados”, finalizou o professor.

Ler 70 vezes Última modificação em Sexta, 09 Novembro 2018 22:58
José Roberto Duarte

José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do Ceará.
Além da atuação educacional, é também colunista e diretor de redação do Jornal A Praça de Iguatu, e comentarista esportivo da Mais FM 106,1.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Calendário

« Dezembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…