(Foto: reprodução da Internet / Profimedia)

Quem nunca teve um sentimento negativo, aquele pensamento de não ser capaz de realizar algo, aquele medo de arriscar? Segundo a orientadora e psicóloga transpessoal Wanessa Moreira, isso pode acontecer em alguns momentos do cotidiano do ser humano, mas, quando ocorre com certa frequência, pode ser o sinal da ‘autossabotagem’ agindo na pessoa - uma combinação de sentimentos, pensamentos e ações autodestrutivas.
Quando a autossabotagem ocorre, segundo a profissional, a pessoa tem que estar pronta para lidar com isso, ou mesmo saber a hora de procurar um profissional para ajudar a resolver esse problema, quando a situação ficar difícil, a ponto de atrapalhar a vida social e familiar.


De maneira simples e objetiva os mapas mentais facilitam os processos de aprendizagem, tornando-se grandes aliados das equipes de trabalho
Imagine uma árvore cujos galhos são, um a um, informações concisas e bem organizadas que o ajudarão a organizar uma ideia complexa (com todas as suas ramificações). Parece interessante, não?
Esta introdução nada mais é do que uma exemplificação literária para o conceito de "mapa mental". A invenção do psicólogo inglês Tony Buzan é uma espécie de diagrama capaz de conectar dados difusos e fragmentados em torno de um tema central para facilitar a gestão do capital intelectual e por consequência a solução de problemas, memorização e estimulação de insights.
“Essa abordagem é ideal para qualquer atividade que envolva o pensamento, contemplação, memória, cognição e criação. Trata-se de uma ferramenta que externa os acontecimentos que encontram-se dentro da mente”, diz Buzan a respeito de sua criação, que surgiu a partir da observação de que as anotações em cadernos não davam conta de toda a complexidade de determinadas ideias e projetos. Ou seja, o diferencial dos mapas mentais está em se basear no funcionamento do cérebro e também na quebra da linearidade.

Terça, 24 Julho 2018 11:48

Ednardo de volta a Iguatu

Escrito por


No próximo 24 de agosto, volta a Iguatu o cantor e compositor Ednardo. Um dos ícones do Pessoal do Ceará, Ednardo tem inúmeras composições de sucesso no repertório da nossa MPB: as clássicas “Terral”, “Beira-Mar”, “Pavão Mysteriozo”, “Carneiro”, “Artigo 26”, “Enquanto engoma a calça”, “A manga rosa”, “Flora”, “Cavalo ferro”, muitas em parcerias com Climério, Brandão, Augusto Pontes, Dominguinhos, Belchior, Fausto Nilo, Amelinha, entre outros. Ednardo esteve em Iguatu no antológico show no CRI em 1989 quando cantou no mesmo palco com Fagner e Belchior. Ele voltou depois em show solo, também no CRI, nos anos 90. Comemorando 40 anos de carreira, Ednardo volta a nossa cidade no próximo dia 24 de agosto para apresentação na AABB. Antes de subir ao palco, haverá participação de Cidênia, Eyme e Carlânio Pinto artistas da terra que abrem o show. Informações, mesas e ingressos individuais podem ser obtidos pelo telefone 88.9.9799.0079 (Carla Morais). Imperdível!

A Universidade Regional do Cariri - URCA, através da sua Comissão Executiva do Vestibular, lançou comunicado adiando a data da divulgação do vestibular 2018.2 para o dia 03 de agosto de 2018.

Confira AQUI o comunicado oficial da URCA


A liberdade de expressão facilitada pela internet não deve ser confundida com manifestação irrestrita de opinião, propagação de preconceito, atos de intolerância ou discurso de ódio. Com essa premissa, 15 escolas brasileiras têm incluído no conteúdo didático aulas que funcionam como uma resposta propositiva à escala de discursos desagregadores. O tema tem especial relevância se considerarmos uma pesquisa conduzida em 27 países com 19 mil pessoas, que aponta o Brasil como o sétimo no ranking da intolerância ao lado de países como Estados Unidos, Polônia e Espanha. Quando o tema é cyberbullying, o país ocupa a segunda posição em agressões online a adolescentes; 53% dos pais afirmaram que a agressão partiu de um colega de escola do filho; a maior parte, via redes sociais.
O Geekie One, plataforma de educação personalizada desenvolvida pela Geekie, tem auxiliado as escolas a lidar com a questão ao oferecer conteúdo integrado a dinâmicas inovadoras e canais de multimídia que apoiam uma aprendizagem mais significativa e conectada com os novos tempos. Entre os conteúdos pedagógicos, a Educação Digital que se propõe a ensinar nativos digitais a lidar com os riscos e desafios, além de identificar oportunidades nas redes sociais.

Calendário

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…

Parceiros