Quarta, 15 Julho 2009 11:49

Mais vendas

Escrito por
Vendas do comércio voltam a crescer após dois meses de queda, segundo o IBGE
Após dois meses de queda, o volume de vendas do comércio varejista em maio registrou alta de 0,8% em relação a abril. A receita nominal apresentou o mesmo índice de expansão. Na comparação com maio de 2008, o volume de vendas e a receita nominal do varejo cresceram 4,0% e 8,9%. Os dados foram divulgados ontem pelo IBGE.
Quarta, 15 Julho 2009 11:47

Lula elogia Collor

Escrito por
Lula elogia Collor e Renan em Alagoas e diz que pretende ajudar a eleger sua sucessora
O presidente Lula disse nesta terça-feira, em Alagoas, que pretende fazer sua sucessora na Presidência da República. Sem mencionar o nome da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), Lula disse que vai ajudar a eleger seu ‘sucessor’ ou ‘sucessora’.
“Está chegando o ano eleitoral e eu não posso falar de eleição. Mas eu só vou dizer uma coisa para vocês. Podem escrever, eu vou fazer, eu vou ajudar a eleger a minha sucessora neste País. Ou sucessor”, afirmou Lula no discurso de inauguração de uma adutora em Palmeira dos Índios, em Alagoas. Lula negou que a inauguração tivesse caráter eleitoral e lembrou que o governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB), é de oposição. "Quem viu o discurso do Teo sabe perfeitamente bem que o Teo é um companheiro de um outro partido político, de um partido político que, certamente, terá um adversário para nos enfrentar. O que aconteceu aqui é que a gente não está pensando em 2010, a gente não está pensando nas próximas eleições. A gente está pensando é que esse povo de Palmeira dos Índios merece ser tratado com dignidade”.
Na tentativa de reforçar a imagem de caixa preta da Petrobras e pressionar o governo Lula, a oposição apresentou ontem, na CPI da Petrobras, requerimentos que envolvem além da estatal, o PT e o presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP). São 22 pedidos de documentação da estatal e quatro de convocação, além de dois de convites de autoridades para prestarem esclarecimentos sobre denúncias feitas contra a Petrobras.
Os oposicionistas decidiram pedir que a CPI investigue a denúncia de que a Fundação José Sarney desviou recursos de um patrocínio cultural da Petrobras. A oposição pede cópia de todas as prestações de contas de verbas recebidas da estatal pela Fundação Sarney. Os requerimentos solicitam ainda que os promotores João Guimarães Jr e José Carlos Blat, do Ministério Público de São Paulo, sejam convidados a falar sobre doações irregulares da estatal à Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), ligada ao PT (já teve como presidente o deputado federal Ricardo Berzoini, atual presidente do PT), e o empresário Boris Gorentzvaig, da Petroplastic, para falar sobre a incorporação da Petroquímica Triunfo à Braskem. A oposição quer cópia de todas as investigações do Ministério Público, Polícia Federal, Tribunal de Contas da União que tem a estatal como alvo. Também foram requisitadas as auditorias internas que analisam a movimentação financeira da empresa. A oposição defende a convocação dos empresários Valdir Lima Carreiro e Laudezir Carvalho Azevedo, da Iesa Óleo e Gás; o gerente executivo de Comunicação Institucional da estatal, Wilson Santarosa; a secretária da Receita Federal, Lina Vieira; e do ex-gerente de Comunicação da área de abastecimento da Petrobras, Geovane Moraes.
Segunda, 13 Julho 2009 19:03

Ressarcimento

Escrito por
Sarney manda cancelar todos os 663 atos secretos
O presidente do Senado determinou hoje o cancelamento de todos os 663 atos secretos veiculados nos 312 boletins administrativos de pessoal. José Sarney determinou também o ressarcimento de recursos que tenham sido gastos pelo Senado de forma indevida para pagar empresas contratadas. A Diretoria-Geral da Casa tem 30 dias para apresentar um relatório com as providências.
Sábado, 11 Julho 2009 10:13

No cárcere

Escrito por
Mutirão carcerário do Ceará começa nesta segunda-feira
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), inicia na segunda-feira, 13, o mutirão carcerário do Estado. Com previsão de duração até o dia 25 de setembro, os organizadores do mutirão estimam verificar todos os processos criminais do Ceará. Atualmente a população carcerária do Estado é de aproximadamente 13.500 presos, sendo que 45,72% deles são provisórios (ainda não julgados).
De acordo com o coordenador nacional dos mutirões carcerários do CNJ, o juiz auxiliar da presidência Erivaldo Ribeiro dos Santos, será feito um reexame de todas as prisões na Capital e no interior. Segundo ele, a expectativa é de que o mutirão encontre problemas semelhantes aos verificados em outros Estados. "Os problemas do Ceará devem ser comuns aos dos demais estados, como superlotação e uma quantidade de presos provisórios aguardando há algum tempo instrução e julgamento do caso", afirma.
Com relação à quantidade de presos provisórios, Erivaldo Ribeiro dos Santos explica que o Estado está um pouco acima da média nacional. "Nós percebemos que o Estado se distancia um pouco da média nacional de presos provisórios, que é de 43%, e tem uma população carcerária alta", diz.
No Ceará, o Juiz Federal da 4ª Região Juiz Federal Marcelo Meireles Lobão coordenará o mutirão pelo CNJ. Os trabalhos de análise dos processos serão feitos nas Comarcas de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Aquiraz, Euzébio, Cascavel, Pacajus, Horizonte e Itaitinga. No interior, os trabalhos serão realizados nas Varas dos municípios.
O mutirão também conta com a participação da Secretaria da Justiça e Cidadania (SEJUS), Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Defensoria Pública do Estado do Estado do Ceará, Ministério Público do Estado do Ceará e Ordem dos Advogados do Brasil - Seção do Estado do Ceará.
Sexta, 10 Julho 2009 20:40

R$30 milhões em dívidas

Escrito por
A Prefeitura Municipal de Iguatu já pagou, segundo a secrretaria de Finanças, aproximadamente 12 milhões de reais referentes a dívidas deixadas por administrações anteriores. Os dados apontam que em 2005, primeiro ano de gestão do prefeito Agenor Neto (PMDB), a prefeitura pagou R$ 3.162.690,47. Em 2006, foram R$ 2.765.486,94; em 2007, R$ 2.871.252,91 e em 2008, R$ 2.81.364, 94. Em 2009, até o mês de fevereiro, a prefeitura de Iguatu já desembolsou a quantia de R$ 303.817,11. Somando os cinco anos de governo do prefeito Agenor Neto, já foram pagos R$ 11.954.612,37. A dívida de administrações passadas já ultrapassa os 30 milhões de reais. Os dados foram fornecidos pela secretária de Finanças do Município, Francigleuba Aragão.

Calendário

« Agosto 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…

Parceiros