José Roberto Duarte

José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do Ceará.
Além da atuação educacional, é também colunista e diretor de redação do Jornal A Praça de Iguatu, e comentarista esportivo da Mais FM 106,1.

Sábado, 20 Junho 2009 10:33

Capital de giro

Empréstimos com juros baixos ficam escondidos nos bancos
A maioria das pequenas media e micros empresas não conseguem captação de empréstimos para capital de giro com juros que efetivamente venham a contemplar o fomento produtivo de suas atividades.
Nada melhor para qualquer ramo de negocio conseguir um empréstimo com juros realmente baixos e com carência para injetar seja na compra de matéria prima como material de escritório, maquinas, equipamentos ou até no treinamento e captação de mão de obra, este é o sonho de qualquer empreendedor.
O problema é que estes empréstimos oferecidos no mercado são disponibilizados via Bancos.
Existem dezenas de programas voltados aos pequenos e micro empresários disponíveis os quais realmente são interessantes, mas os Bancos não oferecem, eles praticamente “escondem” e quando um cliente melhor informado insiste em colher informações esbarram na enxurradas de exigências de tudo que é possível imaginar tornando assim a operação impossível de concretizar!
Este é o grande erro, colocar estes programas de empréstimos disponíveis somente através dos Bancos que obviamente preferem empurrar empréstimos com juros elevados onde eles ganham bem mais.
Já os grandes empresários pegam dinheiro no exterior, no BNDES e em outras instituições existentes, eles tem grandes patrimônios, contratam empresas de consultorias especializadas e conseguem valores significativos tão distantes ao alcance dos pequenos empresários.
È lamentável mais funciona assim e este é um dos principais motivos do porque a maioria dos pequenos negócios não chega a completar seu segundo ano de vida.
A crise existe e este é um dos principais motivadores para ampliação desta crise interminável, lamentavelmente!
Emanuel Gonçalves da Silva
Escritor, consultor e instrutor
Sábado, 20 Junho 2009 02:11

50 anos de Bossa Nova

A cantora fez apresentação especial ontem no Sesc/Iguatu

A cantora e instrumentista Consiglia Latorre apresentou show  “Isso é bossa nova e outras bossas”, ontem, no Sesc Iguatu. O show faz parte das comemorações do Sesc sobre os 50 anos da bossa nova e integra as atividades do Projeto Armazém do Som, com apoio da Secretaria da Cultura de Sobral.

No repertório, Consiglia Latorre cantou sucessos de mestres como Noel Rosa, Dorival Caymmi e Ary Barroso.
Consiglia Latorre iniciou sua carreira na década de 80, em São Paulo, durante o movimento Virada Paulista, no Teatro Lira Paulistana. Entre os anos de 1984 e 1990, a artista foi vocalista do compositor Toquinho, excursionando com ele pelo Brasil e pelo exterior, em países da América Latina, Europa e Ásia. Entre os parceiros internacionais de Consiglia, estão o compositor espanhol Juan Manuel Serrat, o italiano Lucio Dalla e o saxofonista japonês Sadao Watanabe.

Sábado, 20 Junho 2009 01:53

Inovação

Em 2010, País vai investir 1,5% do PIB em inovação tecnológica

O Brasil deve chegar a investir 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em ciência, tecnologia e inovação no próximo ano, sendo que o setor empresarial irá representar 0,65% do PIB desta meta. Hoje, essa proporção está em 0,6%. Essa expectativa está baseada na eficácia de duas leis, que ficaram conhecidas como Lei de Inovação (10.973/2004) e Lei do Bem (11.196/2005).

Sábado, 20 Junho 2009 01:45

Vestibular da Urca 2009.1

O Campus Avançado da Universidade Regional do Cariri - Iguatu se prepara para a realização das Provas do Vestibular Processo 2009.2, que acontecerão nos próximos dias 01, 02 e 03 de julho. A instituição divulgou nesta semana a concorrência para o Processo Seletivo, para os cursos sediados em Iguatu:

 URCA - CAMPUS: IGUATU

 

CURSO

TURNO

VAGAS

INSCRITOS

CAND/VAGA

 

Ciências Econômicas

Noite

40

134

3,35

 

Direito

Noite

40

431

10,78

 

Educação Física

Noite

40

221

5,53

 

Enfermagem

M/T

40

266

6,65

O presidente do Campus, professor José Ivo Ferreira de Souza, disse estar satisfeito com o número de inscritos que escolheram o Campus de Iguatu da URCA para se submeterem ao Vestibular. “Dos 5371 inscritos para o Vestibular da URCA, 1052 desejaram concorrer às 160 vagas dos nossos Cursos do Campus de Iguatu. Superamos as concorrências para Educação Física e Ciências Econômicas do Crato e Direito e Enfermagem temos concorrências semelhantes. Isto demonstra a plena consolidação da nossa Unidade Educacional em Iguatu, que credito à gratuidade plenamente estabelecida e ao anúncio auspicioso da construção de nosso campus multiinstitucional da Cidao, que está dando a tônica da preocupação do governador Cid Gomes e do nosso reitor professor Dr. Plácido Cidade Nuvens em possibilitar condições efetivas de ser um vetor qualificado para a transformação da Região Centro-Sul”.
Ressalte-se, ainda, que grande parte teve isenção total ou parcial na taxa de inscrição do Vestibular por ser Doador de Sangue ou Egresso da Escola Pública, possibilitando acesso Universal ao Ensino Superior na Região.
Economia aquecida
Ivo destacou o envolvimento da comunidade acadêmica na realização do vestibular. “Cerca de 200 de nossos alunos concorreram as 30 vagas de fiscais destinadas ao corpo discente. Cada fiscal recebe R$126,00 pelos três dias trabalhados. Ele também acrescentou que o vestibular é momento de incremento na economia, pois cerca de 100 pessoas irão trabalhar no Processo Seletivo somente em Iguatu, recebendo para isso uma gratificação. “Como se costuma ver hotéis, pousadas, restaurantes, lanchonetes, recebem uma demanda superior em suas atividades por causa do vestibular, inclusive os cursinhos. É dinheiro que circula e movimenta a economia local”, declarou.

A Caixa Econômica Federal decidiu conceder até 180 dias de licença-adoção para seus empregados solteiros ou em relação estável homoafetiva. O benefício já havia sido instituído pelo banco em abril deste ano, quando também passou a valer a licença-maternidade e adoção de seis meses para as empregadas do banco. No caso dos homens solteiros ou unidos a companheiros do mesmo sexo, a licença estava limitada a 30 dias. A partir de agora, a ampliação do benefício garante direitos iguais para homens e mulheres que trabalham na instituição.

A licença-adoção para o homem solteiro ou em união homoafetiva terá início na data estabelecida para a guarda com fins de adoção, e terá prazos diferenciados de acordo com a idade da criança. O prazo de 180 dias vale para a adoção de criança com até um ano de idade. No caso de crianças até quatro anos, a licença será de 120 dias e de 75 dias para a idade de quatro a oito anos.

Para o vice-presidente de Gestão de Pessoas da CAIXA, Édilo Ricardo Valadares, a instituição tem assumido posturas pioneiras e vanguardistas, em busca da equidade de gênero e da inclusão. "Isso não só consolida cada vez mais a imagem de empresa socialmente responsável entre o nosso público interno e externo, como também visa o bem-estar e desenvolvimento equilibrado da sociedade brasileira", frisa ele.

Calendário

« Dezembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Sobre o Autor

  • José Roberto Duarte, iguatuense, professor do ensino básico, formado em Letras pela Universidade Estadual do…

Parceiros